41 3243.9860

Os Projetos Arquitetônicos de Clínicas desenvolvidos pela BIOENG modularizam os ambientes para permitir flexibilidade e expansão futura das Organizações de Saúde. As Organizações estão fadadas à expansão, especialmente as relacionadas às atividades médicas. É muito comum o médico iniciar com um consultório e então se une a outro colega, por motivos diversos (dividir despesas, encaminhar pacientes entre especialidades complementares), agrega algum diagnóstico por imagem e então um parente termina sua formação acadêmica juntando-se ao corpo clínico e assim por diante. A evolução é sempre no sentido de expansão, nunca de retração da estrutura física.

Só atender a Legislação Sanitária Federal, Estadual e Municipal não basta. Os Projetos Arquitetônicos de Clínicas devem prever a diminuição de contratação de pessoal, consumo de energia elétrica e água, entre diversos insumos e evitar a duplicidade de tarefas e fluxos de trabalho e atendimento.

Com isso, a BIOENG traz a mesma qualidade dos Projetos Arquitetônicos de Hospitais​, entre os demais Projetos Arquitetônicos de Organizações de Saúde, para os Projetos Arquitetônicos de Clínicas que se complementam o sistema de saúde nos diferentes graus de complexidade.

Os Projetos Arquitetônicos de Clínicas variam em grau de complexidade de acordo com o tipo de procedimento que será executado, desde os minimamente invasivos até os que necessitam de sedação e consequentemente de recuperação pós-anestésica e demais cuidados. Em muitos casos, apesar dos procedimentos serem de baixa complexidade, a quantidade deles pode aumentar a probabilidade de ocorrer alguma emergência com o paciente, muitas vezes nem relacionada com o procedimento em si. É o caso de testes ergométricos e endoscopias, os quais preferencialmente devem se situar em pavimentos térreos ou a edificação deve possuir elevadores ou plataformas elevatórias em dimensões que permitam a remoção dos pacientes por maca.

O estudo de fluxos de trabalho, insumos, pacientes e acompanhantes, corpo clínico e fornecedores é fundamental para o melhor desempenho da prática médica e devem ser considerados como prioridade nos Projetos​ ​Arquitetônicos​ ​de​ ​Clínicas​.